quinta-feira, 16 de junho de 2016

Yarn bombing no meio do meu bairro :)

Boa tarde gente, como vocês estão?
Por aqui tudo bem, tudo ótimo. Muuuito trabalho! Por isso ando sumida do blog, mas devo retornar (em breve espero!) com novidades e atualizações mais recentes. :)
Por hoje deixo aqui fotos que eu tirei aqui no meu bairro. Quem diria que eu encontraria as árvores da pracinha do centro todas decoradas com crochet? Muito colorido e criatividade deixaram o amiente ainda mais bonito!


 Parece até pracinha de interior né? Mas é aqui na Penha, zona leste de São Paulo. :)


Aproveito também para mostrar minha carinha para quem ainda não me conhece! Hehe

beijinhos a todas e até a próxima!


sexta-feira, 13 de maio de 2016

Kit bichos da fazenda: uma historinha de amor e dedicação

Boa tarde queridas amigas, tudo bem com vocês? Dei uma sumida do blog pois,  adivinhem, estava amarrotada de serviço. Graças a Deus né? Mas por outro lado, também é chato deixar esse meu cantinho abandonado.  De qualquer maneira estou aqui, de volta, com um post recém saído do forno para vocês – e o melhor, com mais postagens planejadas para deixar esse blog sempre atualizado e bonitinho!

Como vocês viram pelo título, o assunto dessa postagem é o meu kit bichos da fazenda, que é um sucesso de público. J Se você ainda não conhece, aqui vai uma foto das minhas gracinhas:


Hoje quis compartilhar a história de como o kit veio à tona, para que vocês tenham ideia de todas as etapas que passo até colocar um produto a venda na loja.

Tudo começou com o pedido da cliente. “Você faz um conjunto de bichos da fazenda?” Claro, eu respondi, por que não? E a partir daí, começamos uma intensa troca de mensagens. Afinal, não é só questão de informar a cliente se você faz ou não. É preciso oferecer várias opções de modelos de bichinhos, discutir cores, tamanhos, a finalidade deles (decoração ou brinquedos). Resumindo: pesquisa, pesquisa e mais pesquisa. E mais: analisar se você realmente consegue fazer o bichinho igual aos modelos que encontrar na internet - porque se não conseguir é propaganda enganosa, e eu nunca vendo nada sem ter a certeza de que eu consigo fazer.

É muito amor e dedicação envolvido até chegar ao resultado final. E vocês acham que eu não gosto de fazer um trabalho assim tão detalhado? Não, pelo contrário! Na verdade é o que eu mais gosto de fazer, assim garanto a alegria da cliente e a minha também, e no final todo mundo fica satisfeito. É assim que tem que ser né? J Olha só os meus pequenos, que mimos:



O kit da fazenda é um dos projetos que mais gosto de fazer, justamente por envolver tanto carinho e dedicação a cada pecinha feita. E digo mais: os bichinhos não são super fáceis de fazer não viu? Os detalhes que fazem toda a diferença no acabamento das peças levam tempo para fazer, tais como cada curvinha das asas da galinha e os seus pezinhos por exemplo.  Outra peça que exige bastante atenção é o cavalinho Lucky, um dos meus bichinhos favoritos de todos os tempos. Olhe ele aqui:


Lindo né?

Gente, como eu disse acima, faço muitas pesquisas para encontrar os bichinhos que faço e vendo. Aliás, abro um parêntese aqui para dizer que uso receitas que estão disponíveis gratuitamente na internet, mas também compro muitas receitas pois além de serem lindas de morrer eu ainda valorizo o trabalho da artesã que a desenvolveu. Nada mais justo né? Inclusive esse cavalinho é de uma das designers de crochet mais fantásticas que eu conheço, a Little Muggles. Quem quiser adquirir também é só comprar por esse link.

Mas voltando ao assunto do cavalinho, vou aproveitar para dar uma dica para vocês meninas, que adoram peças de crochet mas não sabem ver se elas são bem feitas ou não. Reparem na carinha do cavalo:


Reparem no crochet em si. Não tem buracos, estão vendo? Claro, o crochet por si só é “furadinho”, mas o que eu quero dizer é que não tem nada irregular, nenhum ponto maior que o outro, nenhum buraco entre os pontos em si. Isso por que procuro fazer o meu trabalho de forma mais uniforme possível, sem irregularidades. Ah, outra coisa: essa parte branca no rosto do cavalo também não é fácil não viu? E no entanto, você tem um cavalinho perfeito, com essa parte branca perfeitamente simétrica e centralizada. Sabe o que é isso? Cuidado. J Outra coisinha que eu gostaria de exemplificar, ainda no cavalo. Olhem para a crina dele:



Gente, eu demoro horas para aplicar essa crina. É tudo medido milimetricamente e aplicado um por um.  E depois de tudo eu ainda aparo a crina, para que ela fique toda certinha. E para acabar, ainda faço um rabinho trançado e amarrado com um lacinho, tudo nas mesmas cores da crina. É dessa maneira que eu embrulho o cavalinho e envio às clientes.

Enfim meninas, como deu para ver, o kit da fazenda ou qualquer projeto menor envolve muita dedicação, pesquisa e conversas com a cliente, para garantir a sua satisfação. É uma pena que, depois de tanto cuidado, você encontre pessoas por aí que vendem kits da fazenda iguaizinhos ao seu. Me parece que as pessoas nem se dão ao trabalho de buscar opções diferenciadas para oferecer às suas clientes sabe? Não, é só uma questão de copiar e colar. Com tantas receitas diferentes de bichos da fazenda pela internet, por que não criar o seu kit com modelos diferentes ao invés de copiar um que já existe? Eu juro que, caso uma pessoa me pedisse um kit e eu não tivesse como fazer, recomendaria o trabalho de alguma colega artesã que fizesse um kit semelhante. Mas trabalho copiado eu não recomendo não.

Ah, e para as meninas que gostariam de ter mais informações sobre o meu kit, por favor escrevam para carolinacrochet8@gmail.com ou visitem a loja: http://bit.ly/1Xp3t9I

Beijos e até a próxima!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Mês de janeiro: cactos, comprinhas e novidades pela frente

Oi meninas! Já estamos no primeiro dia do mês de fevereiro. Como o tempo voa! Logo logo tem o carnaval, em seguida a Páscoa...e por aqui muitos pedidos. É kit da fazenda pra lá, cactos pra cá... aliás, quantos cactos! Esse foi o mês que mais saiu cactos por aqui. J

Lindos né? Estão na loja: http://bit.ly/1PNeTvY
Também pudera, elas ficam tão lindos na decoração de casa! Ainda mais com esses cachepôs vibrantes, são uma gracinha. Inclusive estou planejando fazer um conjunto desses só para a minha estante - porque quem disse que artesã consegue ficar com as peças que produz né? Hehe

Mês passado andei comprando umas cores diferentes para o meu estoque. Isso porque estou planejando uns bichinhos novos para a loja que ó... ficarão lindos. Só espero que eu consiga tempo para conciliar a produção de coisas novas com a produção das encomendas, mas se Deus quiser tudo vai dar certo. J

Ah e tem mais uma novidade que estou planejando, especialmente para as minhas amigas crocheteiras! E digo mais: vocês vão saber mais sobre ela na minha próxima postagem. Por isso fiquem ligadinhas!


Beijos e até mais J